Diferenças entre o inglês norte-americano e britânico

Você sabe diferenciar o inglês norte-americano e britânico? Veja abaixo algumas dicas.

  • 28/02/2020
  • Por: BSL Idiomas

O inglês é uma das línguas mais faladas ao redor do mundo. Sendo assim, é o principal idioma de comunicação internacional. Mas você sabe a diferença entre o inglês norte-americano e britânico?

Da mesma forma que temos diferenças entre o português brasileiro e o português de Portugal, há diferenças entre o inglês norte-americano e britânico. Além disso, também há o inglês australiano, irlandês, canadense e muitos outros.

Embora existam muitas variantes do idioma, as duas que mais se destacam são a norte-americana e a inglesa. Desse modo, as diferenças entre ambas vão muito além do sotaque. Portanto, podem ser percebidas também na ortografia e no vocabulário utilizados.

Aliás, essas diferenças podem causar uma sensação de estranhamento em um primeiro contato. Porém, elas não significam que seja impossível para um falante de inglês norte-americano entender aquele que fala o inglês britânico e vice-versa.

 

A origem do inglês norte-americano e britânico

 

O inglês britânico é aquele falado no Reino Unido, composto pela Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte. Inclusive, há grande diferença entre a pronúncia de cada um desses lugares. Por um lado, o sotaque inglês é comumente tido como um dos mais sexys do mundo. Já o escocês, por exemplo, é considerado um dos mais difíceis de serem compreendidos.

Aliás, a origem do inglês britânico conta com muitas palavras germânicas. Isso porque os povos permaneceram durante muito tempo na chamada Grã-Bretanha.

Já o americano tem sua origem no inglês britânico. Porém, sofreu influência dos diversos povos que migraram para os Estados Unidos.

Pode-se dizer que, hoje em dia, o inglês americano é predominante. Inclusive, cerca de 65% dos artigos científicos são escritos nessa vertente, por exemplo.

 

Mas, qual inglês devo aprender?

 

Embora o inglês americano seja predominante, a escolha de qual vertente do idioma você deverá aprender depende da sua intenção ao estudar o idioma.

Assim, escolher entre o inglês norte-americano e o britânico pode ser uma tarefa mais fácil caso você tenha a intenção de morar em algum país em específico.

Existem algumas faculdades e cursos ao redor do mundo que exigem um teste de proficiência específico em uma das vertentes. Dessa forma, todos os áudios e perguntas feitas nos testes terão como foco uma das línguas. Por isso, é sempre importante consultar qual das duas variantes é exigidas antes de prestar um teste de proficiência.

Entretanto, há casos em que qualquer uma das vertentes é aceita. Assim, a única coisa que se pede do candidato é que mantenha a coesão com o inglês que escolher. Se começar a escrever com a grafia do inglês norte-americano, deve mantê-la até o fim.

Por fim, a verdade é que não há escolha certa. O importante é aprender corretamente o inglês escolhido.

 

Diferenças entre o inglês norte-americano e britânico

 

Dividiremos as diferenças em quatro categorias: ortográficas, de vocabulário, de pronúncia e gramaticais.

 

Diferenças ortográficas

Essas são as principais diferenças entre o inglês norte-americano e britânico. Assim, se você já estuda inglês, com certeza já percebeu que algumas palavras aparecem escritas de forma diversa dependendo da vertente do inglês. Vejamos alguns exemplos:

  • palavras que, no inglês americano, terminam em -or, no inglês britânico terminam com -our. Dessa forma, palavras como honor, color, humor, flavor, no inglês britânico se escrevem honour, colour, humour, flavour.
  • algumas palavras que no inglês americano terminam em -ter, são grafadas com -tre no inglês britânico. Assim,  theater center viram theatre e centre, por exemplo.
  • verbos terminados em -ize no inglês americano são grafados com -ise no britânico. São exemplos realize, apologize, que no inglês britânico se escrevem realise apologise.
  • palavras que terminam em -nse no inglês americano geralmente terminam em -nce no britânico. Por isso, as palavras defense, license são grafadas defence licence no inglês britânico.
  • no final de palavras como travel se repetem no inglês britânico. Dessa maneira, o que no inglês norte-americano é grafado como traveling, no britânico vira travelling.

 

Diferenças gramaticais

Também existem algumas diferenças gramaticais entre o inglês norte-americano e britânico. Porém, para facilitar, apresentaremos aqui a mais importante de todas.

Se você já estudou ou está estudando inglês, provavelmente já ouviu falar nos tempos verbais chamados present perfect e past simple. Aliás, o present perfect é um tempo verbal cujo uso é sempre amplamente discutido. Porém, a forma como ele é usado é diferente no inglês norte-americano e britânico.

No britânico, usa-se o present perfect como forma de expressar uma ação ocorrida em um passado recente, mas que ainda tem efeito no momento atual. Entretanto, o inglês americano usa o past simple, passado simples, para essa função.

Por exemplo:

  • britânico: Have you heard about her?
  • americano: Did you hear about her?

 

Diferenças de pronúncia

Essa é a diferença que costuma preocupar com maior frequência os estudantes. Porém, é uma das mais fáceis de ser percebida.

Basta assistir um filme ou ver uma série em inglês para rapidamente percebemos se o falante está usando o inglês norte-americano ou o britânico. Isso se deve ao sotaque, mas também à forma como algumas palavras e letras são pronunciadas.

Assim como temos diferenças grandes na forma de produzir sons entre o português brasileiro e o português europeu, o mesmo ocorre em todas as variantes da língua inglesa.

Embora as diferenças de pronúncia possam também variar muito dentro de um próprio país, é possível estabelecer algumas regras gerais. Isso ajuda a diferenciar a pronúncia do inglês norte-americano e britânico.

  • dos americanos costuma ter um som mais longo do que o dos britânicos
  • o som da letra também varia muito entre ambas as vertentes da língua. Em algumas palavras, tal som não é pronunciado pelos americanos, enquanto os britânicos o pronunciam perfeitamente
  • o som das vogais no inglês britânico costuma ser um pouco mais fechado do que no inglês americano

Para ficar mais fácil compreender, aconselhamos buscar sites e vídeos que demonstrem essa diferença, para que ela se torne mais clara aos seus ouvidos.

 

Diferenças de vocabulário

Essas diferenças também são muitas, decorrentes principalmente do uso da língua e da influência de outras línguas. Assim, elas podem ser percebidas em textos escritos ou em conversas. Muitas vezes, são responsáveis pelo desentendimento entre falantes de inglês provenientes de partes diferentes do mundo.

Assim como ocorre no português, há palavras em uma vertente do inglês que caíram em desuso na outra ou adquiriram um significado diferente. Entretanto, não é nessas palavras que focaremos para mostrar as diferenças de vocabulário.

 

Português Inglês americano Inglês britânico
Aluga-se For rent To let
Apartamento Apartment Flat
Armário Closet Wardrobe
Auto-estrada Freeway Motorway
Avião Airplane Aeroplane
Bala Candy Sweet
Banheiro Bathroom Toilet/Loo
Batatas-fritas French fries Chips
Batatas-fritas em pacote (tipo Ruffles) Potato chips crisps
Berinjela Eggplant Aubergine
Borracha Eraser Rubber
Calçada Sidewalk Footpath
Calças Pants Trousers
Carona Ride Lift
Carteiro Mailman Postman
CEP Zipcode Postcode
Elevador Elevator Lift
Fila Line queue
Futebol Soccer Football
Gasolina Gasoline Petrol.
Lata de lixo Garbage can Bin
Lixo Garbage Rubbish
Metrô Subway Tube
Outono Fall Autumn

 

 

Evolução

 

As diferenças entre o inglês norte-americano e britânico demonstram como a língua evolui de acordo com o tempo e com as influências de outras línguas diferentes. Embora de fato haja certas distinções entre as duas vertentes do inglês, a preferência de qual das duas deve-se escolher dependerá, sobretudo, das suas intenções ao falar inglês.

Dessa forma, pode-se optar por uma ou outra por gosto pessoal, demanda de uma empresa, curso escolhido ou teste de proficiência que deseja-se prestar. Porém, o importante é aprender inglês como forma de se diferenciar no mercado de trabalho e conseguir lugar de destaque.

Alguns professores aconselham, inclusive, assistir filmes e séries nas diferentes versões do inglês para fazer com que o ouvido se familiarize mais facilmente com os sons produzidos. Assim, a compreensão pode se tornar mais simples.

Posts Relacionados

Aprender Inglês
  • Por: BSL Idiomas
  • 27/03/2020
5 dicas para viajar na terceira idade

Quem disse que viajar na terceira idade é impossível? Para te ajudar com isso, preparamos 5 dicas de viagem para você colocar em prática no seu próximo destino.

Intercâmbios e Viagens
  • Por: BSL Idiomas
  • 13/03/2020
7 países da Europa para se visitar

Saiba o que alguns dos mais interessantes países da Europa têm a oferecer e faça já o seu roteiro.

Aprender Inglês
  • Por: BSL Idiomas
  • 06/03/2020
10 melhores séries de super-heróis da Netflix

Que tal se divertir e aprender inglês enquanto assiste séries de super-heróis? Confira nossa lista e boa diversão!

Aprender Inglês
  • Por: BSL Idiomas
  • 28/02/2020
Diferenças entre o inglês norte-americano e britânico

Você sabe diferenciar o inglês norte-americano e britânico? Veja abaixo algumas dicas.

Carreira e Profissão
  • Por: BSL Idiomas
  • 21/02/2020
Principais universidades estrangeiras que aceitam brasileiros em intercâmbios

Conheça as principais universidades estrangeiras que aceitam estudantes brasileiros em intercâmbios e confira nossas dicas para ingressar nesses cursos!

Carreira e Profissão
  • Por: BSL Idiomas
  • 14/02/2020
Como fazer um mestrado sanduíche

Saiba quais ações tomar para concretizar seu sonho de fazer um mestrado sanduíche e como essa experiência pode enriquecer a sua carreira.